segunda-feira, 27 de abril de 2009

Agora a Vila ficou mesmo "a mais famosa do mundo"


O jogo foi legal, corrido, gols perdidos, típico de um clássico e de uma final de campeonato.
Mas o jogo de Ronaldo, na verdade os gols dele repercurtiram tanto na mídia mundial que agora sim, a Vila Belmiro, cantada pelos santistas como a Vila mais famosa do mundo mereça esse nome.
Ficou sim, conhecida na era do Rei Pelé, mas de lá para cá acho que perdia para a Vila Sésamo, agora retoma o seu posto.

Vejam o texto da reportagem da Folha online de hoje:

Os dois gols marcados pelo atacante Ronaldo na vitória por 3 a 1 do Corinthians sobre o Santos, no domingo, na Vila Belmiro, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista, repercutiram na imprensa internacional.

O jogador marcou pela primeira vez aos 25min do primeiro tempo, ao dominar a bola com perfeição após um lançamento e tocar na saída do goleiro Fábio Costa.

No segundo tempo, em um momento em que o Santos buscava desesperadamente o empate após descontar o marcador, Ronaldo brilhou e marcou um golaço, com um toque por cobertura, aos 31min.

A atuação de gala do Fenômeno foi acompanhada de perto por Pelé, que estava em seu camarote na Vila Belmiro. "É um sonho. Pensar que aqui [na Vila] o 'Rei' fez tantos gols, e ser rei aqui, mesmo que por um dia, é sensacional", falou Ronaldo, logo após a partida.

"Não é fácil [jogar na Vila]. Aqui é um caldeirão. Mas tivemos tranquilidade e não mudamos nem 1% a maneira de jogar. Independentemente de quem fez os gols, o importante foi o resultado", continuou.

Com o resultado, o Corinthians, que tem vantagem por melhor campanha, pode perder por dois gols de diferença na partida de volta, no Pacaembu, no próximo domingo, que será campeão.

La Gazzetta dello Sport (Itália)
Ronaldo é um espetáculo. Dois gols contra o Santos na final.

O site do principal diário esportivo da Itália se derramou em elogios ao atacante. O jornal diz que Ronaldo colocou "poesia na final do Paulista" e enviou o Corinthians para o "paraíso", deixando-o em posição privilegiada na disputa pelo título.

A "Gazzetta" descreve os gols anotados pelo jogador com riqueza de detalhes e tece vários elogios à ação do atacante nos lances. O primeiro tento é descrito como "um elegante controle de bola e uma movimentação efetiva", enquanto o segundo é relatado como um "lance de habilidade para evitar o defensor adversário e uma finalização esplêndida".

Por fim, o jornal destaca a presença de Pelé na Vila Belmiro e a entrevista concedida por Ronaldo ainda antes de deixar o gramado.

Marca (Espanha)
Pelé: "O segundo gol de Ronaldo foi digno de uma Copa do Mundo"

O jornal esportivo espanhol "Marca" constrói o seu texto em cima das declarações dadas por Pelé sobre a atuação de Ronaldo na primeira partida da decisão do Estadual.

"Ronaldo foi a diferença. Seu segundo gol foi digno de uma Copa do Mundo", afirmou o ex-jogador, segundo o site do diário, que "teve que se render ao atacante da equipe adversária".

O "Marca" relembra ainda que, graças a Ronaldo, o Corinthians acabou com uma invencibilidade de três anos e meio do Santos na Vila Belmiro com a presença do maior jogador de sua história.

A Bola (Portugal)
Ronaldo "faz de novo" e deixa Corinthians perto do título paulista

O destaque da matéria do site do jornal português "A Bola" está na recuperação de Ronaldo. O diário relembra mais uma reviravolta na carreira do atacante brasileiro e diz que ele voltou a ser decisivo no domingo.

Apesar de tecer elogios ao jogador, o jornal "cutuca" Ronaldo ao chamá-lo de "ex-Fenômeno" na descrição dos seu gols: "Foi então o momento do outrora conhecido por 'Fenômeno' entrar em ação, marcando por duas vezes, o último dos quais num vistoso 'chapéu' ao goleiro contrário."

O "A Bola" comete ainda um equívoco ao informar que o segundo jogo da final será realizado no Parque Antarctica, casa do Palmeiras, arquirrival corintiano, e não no Pacaembu, estádio municipal onde o clube costuma atuar como mandante.

Olé (Argentina)
Dois gols na final

Conhecido pelas "alfinetadas" ao futebol brasileiro, o principal jornal esportivo argentino reconheceu a volta por cima do "Fenômeno" em um texto de cunho poético e iniciou rumores sobre o retorno do jogador à seleção brasileira.

"Gols são amores e mais para o máximo goleador da história dos Mundiais. Quando parecia ter voltado a seu país para terminar a carreira jogando algumas partidas, Ronaldo demonstrou que nunca se deve subestimar um goleador e hoje [domingo] marcou dois gols na final do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, templo do Santos de Pelé, para dar ao Corinthians a vitória definitiva por 3 a 1."

Um comentário:

raphael disse...

Seu post sobre o jogo de ontem (Cornthians e Santos) foi um dos melhores que li. Tomei a liberdade e transcrevê-lo em meu blog, logicamente citando sua autoria e fonte. Parabéns.
Raphael Ferreira
raphaelferreira10.wordpress.com