terça-feira, 29 de setembro de 2009

Luxemburgo começa a agitar sua saída do Santos e critica o time


O técnico do Santos, Vanderlei Luxemburgo, voltou a atacar o planejamento feito pelos dirigentes do clube para a temporada 2009 após a derrota por 3 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo.
O treinador, que já havia criticado as condições de trabalho há uma semana, após empate sem gols contra o Botafogo, disse que precisa de tempo para montar a equipe e citou Botafogo e Fluminense, times que estão na zona de rebaixamento, como exemplos a não serem seguidos.
"Futebol não é uma ciência exata. Você não monta um time da noite para o dia. Algumas equipes estão na nossa frente, no modelo de trabalho", afirmou Luxemburgo.
"Quem não faz no início da temporada um planejamento bem feito passa a temporada ruim. Quem não se prepara vai estar como o Botafogo, Fluminense e Sport, que são clubes grandes na zona de rebaixamento. É importante prestar atenção para o elenco, para a filosofia implantada. Tem de ter cuidado para formar um time para uma competição tão complicada como o Brasileiro", continuou.
O Santos é apenas o 12º colocado do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos, oito a menos do que o Internacional, time que ocupa a quarta colocação, que dá a última vaga para a Taça Libertadores da América de 2010.

fonte: Folha de São Paulo

Um comentário:

Francisco disse...

Ele nunca é culpado de nada, sempre quem erra é a diretoria. Se fosse tão bom assim acertaria o time.
Só espero que não acerte o time domingo.